Verborragias

Lulina e os Muitos Discos e as Muitas Poesias

Read Article →
Sempre gostei muito de pesquisar bandas novas, principalmente as brasileiras. O universo underground da nossa música está em constante rebul...
Escrito por : Leandro Noronha da Fonseca
4 Comments

O conto do Adeus mudo

Read Article →
a José Saramago Bate-lhe na cara, bate-lhe, gritavam as senhoras empoleiradas no parapeito dos cortiços que circundavam a minúscula pracin...
Escrito por : Leandro Noronha da Fonseca
3 Comments

Diálogo sobre a Burrice e o Capitalismo

Read Article →
- Socorro! - Cale a boca! Me passa a bolsa! - Meu Deus, sai daqui! - Me passa a bolsa senão te mato... - Vou chamar a polícia! - Se der um ...
Escrito por : Leandro Noronha da Fonseca
4 Comments

Aviso:

Read Article →
Caros Leitores: Ficarei algumas semanas a mais sem postar texto algum neste digníssimo blogue. Os motivos se encontram aqui ( http://tropec...
Escrito por : Leandro Noronha da Fonseca
0 Comments

Pirofagia

Read Article →
Os teus olhos chamejantes Cegam o meu corpo lânguido Enquanto as tuas mãos Serpenteiam no deserto da minha pele, Trazendo vida ao meu espír...
Escrito por : Leandro Noronha da Fonseca
11 Comments

A industrialização do Homem e a morte do seu Lugar

Read Article →
Em toda a história da sociedade mundial, podemos notar mudanças (sociais, políticas, comportamentais e ideológicas) que afirmam a idéia de ...
Escrito por : Leandro Noronha da Fonseca
4 Comments

Scarpin Vermelho

Read Article →
Chovia. Ela parou em frente ao portão da mansão rodeada por cercas-vivas, jogando a guimba do cigarro em uma poça d’água. Abriu o portão de...
Escrito por : Leandro Noronha da Fonseca
6 Comments

A Tempestade

Read Article →
Penetra o mar a embarcação arrancando das águas a calma, e com êxtase estremece o oceano, seguindo pesadamente o seu destino contra o sol qu...
Escrito por : Leandro Noronha da Fonseca
7 Comments

Capitu, a Vampira

Read Article →
Estávamos sentados no chão de taco, olhando para a balbúrdia do cômodo. Eu podia ouvi-la arrastar os chinelos, tossir com o beque aceso, des...
Escrito por : Leandro Noronha da Fonseca
10 Comments

A concha

Read Article →
Não havia nada para ser dito. Ainda de preto, Paulo sentia o peso daquelas vestes sobre seu corpo. Passou a mãos sobre a testa de sua mãe, ...
Escrito por : Leandro Noronha da Fonseca
7 Comments

O estranho mundo da Música

Read Article →
O mundo das Artes é bastante bizarro. Mas é no mundo musical que, creio eu, a bizarrice entra em efervescência. A música é uma das Artes mai...
Escrito por : Leandro Noronha da Fonseca
9 Comments

Mundus Senectus

Read Article →
Eu trouxe os meus cadernos, livros e estojo para a sala, onde vovó estava sentada no sofá, com seus pequeninos olhos azuis fixados na tevê....
Escrito por : Leandro Noronha da Fonseca
7 Comments

Os cabelos de Eva

Read Article →
dedico este texto à Alessandra Caparroz. Eva se olhou no espelho por alguns instantes. Tocou seu próprio corpo, sentindo como se mãos est...
Escrito por : Leandro Noronha da Fonseca
9 Comments

Mudança

Read Article →
Por gentileza, não reparem na bagunça. A Caixa Amarela ficou apertada demais, o aluguel estava atrasado, e não tive outra alternativa a não...
Escrito por : Leandro Noronha da Fonseca
15 Comments